15 de janeiro de 2019

Apresentação na ANMP

Smart Cities Tour 2019

arranca amanhã em Faro

A edição da Smart Cities Tour 2019 arranca já amanhã em Faro. Esta primeira sessão da 3.ª edição deste evento, organizado pela Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), através da Secção de Municípios Cidades Inteligentes, em parceria com a NOVA Cidade - Urban Analytics Lab, terá como tema a “Economia e Inovação Tecnológica”.

 

apresenta01

A Smart Cities Tour prossegue com os temas “Mobilidade suave” (5 de fevereiro em Aveiro), “Cidade como plataforma” (27 de fevereiro em Lisboa), “Cidade circular” (19 de março em Vila Real), “Cidade inclusiva” (28 de março em Setúbal), “Alterações climáticas” (5 de abril em Ponta Delgada) e “Happy city” (8 de maio no Funchal), terminando com a Cimeira dos Autarcas a realizar no evento Portugal Smart Cities Summit, no dia 21 de maio, na FIL, em Lisboa.

O objetivo desta Smart Cities Tour é promover a partilha de boas práticas entre todos os Municípios e proporcionar a apresentação de soluções inovadoras no âmbito da temática das cidades inteligentes. A ambição é unir a academia, as empresas e o território, pelo que a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), a Universidade Nova de Lisboa – através da Nova Information Management School (Nova IMS) e a Fundação AIP renovaram a sua parceria e integraram, como novos parceiros, o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), reforçando, assim, a sua vertente cientifica e de investigação. Do lado das empresas destacam-se a Altice e os CTT, que renovaram o seu apoio, mas também a EDP Distribuição, a Wave.com e a Deloitte que encontraram na Smart Cities Tour um desafio e uma oportunidade para participarem na construção da inteligência urbana nacional.
De acordo com António Almeida Henriques, presidente da Mesa da Secção de Municípios Cidades Inteligentes da ANMP, vice-presidente do Conselho Diretivo da mesma Associação e presidente da Câmara Municipal de Viseu, este é um “modelo colaborativo e participado que potencia a inovação e o desenvolvimento do território” em todos os Municípios, acabando por ser “um serviço público que a ANMP está a prestar ao país”, dado que potencia a adoção de mecanismos de nova tecnologia que “permitem fazer mais com menos”, o que, num mundo em que os recursos são cada vez menores, “é cada vez mais relevante”.
Miguel de Castro Neto, subdiretor da Nova IMS e coordenador do NOVA Cidade – Urban Analytics Lab, apresentou a edição deste ano da Smart Cities Tour, hoje, na sede da ANMP, em Coimbra, considerando que esta edição “ganhou uma nova abrangência, integrando novos parceiros da academia, cumprindo assim o desígnio de estreitar relações entre a academia, as empresas e o território (Municípios)”, concluindo que os próximos quatro meses desta Tour serão determinantes para as Smart Cities.

Apresentação geral

Smart Cities Tour 2019 [ workshops, Programa, Documentação ]

 

 

  

  voltar