XII Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses

5 e 6 de Maio de 2000 

Vilamoura - Loulé, Algarve.  


» Relatório de Actividades 1998-1999
» Linhas Gerais de Actuação 2000-2001
Secções:
» Assuntos Sociais Património, Cultura e Ciência,Tempos Livres e Desporto,Saúde e Acção Social
» Ambiente e Saneamento Básico, Energia, Transportes e Comunicações
» Protecção Civil
» Educação
» Ordenamento, Urbanismo, Habitação e Equipamento
» Promoção do Desenvolvimento e Defesa do Consumidor
» Cooperação Externa


Galeria de imagens

 


A certeza da imperiosa necessidade e urgência de se alcançar, através da sua correcta contratualização, a transferência de competências que o Poder Local possa exercer com vantagens acrescidas e qualidade de serviço em favor das populações, foi uma das dominantes do XII Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses, que decor-reu em Vilamoura, Loulé, no Algarve, em 5 e 6 de Maio.

Magnífica iniciativa reafirmadora dos valores ímpares do municipalismo e da unidade e coesão do Poder Local em redor da sua Casa Comum, a Associação Nacional de Municípios Portugueses, aquela magna reunião, que congregou a interessada, activa e empenhada participação de um milhar de Eleitos Locais de todo o país, constituiu-se em mais um êxito enorme na já rica História do Poder Local português.

Lhanamente recebidos pelos anfi-triões Câmara Municipal de Loulé, Associação de Municípios do Algarve e Região de Turismo do Algarve, os participantes no Congresso do muni-cipalismo procuraram, e alcançaram nos seus propósitos, sob o lema “Portugal Descentralizado, Portugal Qualificado”, uma sempre maior dignificação das instituições autárquicas, no quadro da permanente modernização que os interesses das populações exigem em cada parcela do nosso País.